Ultimas Matérias Cadastradas
A Videira.
13:56:40 26/07/2014
Eu sou a videira verdadeira e o meu Pai é o Lavrador. (Bíblia Sagrada) Joã. 15: 1.







   A VIDEIRA

  

P 01

O Senhor Jesus sempre se auto comparou, ou foi comparado com outros seres, da natureza, animados e inanimados; pois foi comparado até mesmo com elementos, como uma rocha, vegetais, cereais, como grão de trigo, alimento, como pão, luminária, como luz da manhã, animais irracionais e etc. Com um Cordeiro: — No dia seguinte, João viu Jesus vindo na direção dele e disse: Aí está o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo! (Bíblia Sagrada) Joã. 1: 29. — Então vi um Cordeiro de pé no meio do trono, rodeado pelos quatro seres viventes e pelos Presbíteros. Parecia que o Cordeiro havia sido oferecido em sacrifício. Ele tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus que foram enviados ao mundo inteiro. (Bíblia Sagrada) Ap. 5: 6.

— E não haverá na cidade nada que esteja debaixo da maldição de Deus. O trono de Deus e do Cordeiro estará na cidade, e os seus servos o adorarão. (Bíblia Sagrada) Ap. 22: 3. Com uma rocha: — Eu estarei diante de você em cima de uma rocha, ali no monte Sinai. Bata na Rocha, e dela sairão águas para o povo beber. E Moisés fez isso na presença dos líderes do povo de Israel. (Bíblia Sagrada) Êxo. 17: 6. — Moisés levantou a mão, bateu na Rocha duas vezes com o bastão, e saiu muita água. E o povo e os animais beberam. (Bíblia Sagrada) Núm. 20: 11. Como dizem as Escrituras Sagradas: “Vejam”! — Estou colocando em Sião uma Pedra em que eles vão tropeçar, a Rocha que vai fazê-los cair. Mas quem crer Nela; ou seja, na Rocha não será confundido”. (Bíblia Sagrada) Rom. 9: 33.

E em outra parte as Escrituras Sagradas dizem: — “Esta é a Pedra em que as pessoas vão tropeçar, a Rocha que vai fazê-las cair.” Essas pessoas tropeçaram porque não creram na mensagem, de acordo com a vontade de Deus para com elas. (Bíblia Sagrada) I Ped. 2: 8. — E beberam da mesma bebida espiritual. Pois bebiam daquela Rocha espiritual que ia com eles; e a Rocha era Cristo. (Bíblia Sagrada) I Cor. 10: 4. Com uma rosa: — Eu sou a Rosa da (Planície pt)  (Sarom hebraico); sou o lírio dos vales. (Bíblia Sagrada) Can. 2: 1. — O Deserto e os lugares secos se alegrarão disto; e o ermo exultará e florescerá como a Rosa. (Bíblia Sagrada) Isa. 35: 1. Com um leão: — E disse-me um dos Anciãos: não chores: eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos. (Bíblia Sagrada) Ap. 5: 5.

E assim finalmente chagamos ao nosso ponto de partida: “A Videira”, pois o Senhor Jesus auto comparou-se a uma videira, ou seja, para a nossa melhor compreensão, pelo fato de vivermos numa região onde não se cultivam uvas, vamos usar um termo, que venha ajudar-nos a entender mais facilmente; (Eu sou uma Parreira de uvas). O Senhor Jesus, no evangelho conforme escreveu o apóstolo João, no “capítulo 15”: Ele se auto compara á uma videira e, seu Pai com um lavrador. Meu caro leitor(a) porque uma videira? Porque não uma laranjeira, uma mangueira, ou quem sabe uma jaqueira, uma árvore de frutos grandes, que chamam a atenção. Porque logo uma videira ou um pé de uvas? Um enrolado de ramos tão insignificantes, que produz um fruto tão pequeno? Bem o Senhor Jesus não estava interessado no valor visual nem no valor

 

P 02

monetário, ele não pensava em montar uma verdureira e, ter grandes lucros, mas pensava em se projetar para o futuro da sua Igreja; daí a ideia da videira: Por quê? Porque a videira é um tipo de vegetal que precisa ser trabalhado e, quanto mais se poda mais ela cresce e mais produz. Se você observar no seu jardim, verá que entre a grama existe um tipo de vegetal, chamado cebolinha, a cebolinha é talvez a maior praga do jardim, porem se você observar com calma, verá que à medida que se vai roçando o gramado a cebolinha vai se acabando e, a grama pelo contrário vai se fortalecendo, quanto mais se roça, mais a grama cresce e, mais fica bonita. Com a videira há uma semelhança; se o lavrador abandonar sua videira ela começa a se acabar e morre, daí a importância do lavrador.

— Eu Sou a videira verdadeira e, meu Pai é o lavrador. Toda vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado. Estai em mim e, eu em vós: como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas: quem está em mim e, eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara e, secará; e os colhem e lançam no fogo e, ardem. Mas se vós estiverdes em mim e, as minhas palavras estivem em vós, então pedireis tudo o quiserdes e, vos será feito. (Bíblia Sagrada) Joã. 15: 1 – 7.

Não há muito tempo fiquei sabendo que numa montanha do Líbano ainda existem alguns cedros, mais precisamente, (12) doze cedros; não saberia eu explicar exatamente porque (12) doze, mas foi o que me informaram: Veja você meu caro leitor(a), se isso realmente é verdade, nós temos no Líbano majestosos cedros com mais de três mil anos de existência. Num passado distante, no Oriente Médio, quando se falava em madeira, por exemplo, se falava em cedro do Líbano; cedro madeira com a qual se construíam as casas dos reis como a casa do “Rei Davi”: — E Hirão, rei de Tiro, enviou mensageiros a Davi, madeira de cedro, carpinteiros e, pedreiros, que edificaram para Davi uma casa. (Bíblia Sagrada) II Sam. 5: 11. — E enviou Hirão a Salomão, dizendo: Ouvi o que me mandaste dizer. Eu farei toda a tua vontade acerca dos cedros e acerca das faias. (Bíblia Sagrada) I Rei. 5: 8.

Cedro do Líbano; árvore majestosa que enfeitava os templos e, os palácios e, chega a medir quarenta metros de altura, onze metros de rodo, era considerado o símbolo da força e da majestade: — Ele destruirá os altos e majestosos cedros do Líbano e todos os carvalhos da terra de Basã. (Bíblia Sagrada) Isa. 2: 13.  — Até os ciprestes e os cedros do Líbano estão contentes com a queda do rei da Babilônia e dizem: “Desde o dia em que ele caiu, não apareceu ninguém para nos derrubar”. (Bíblia Sagrada) Isa. 14: 8. No entanto eu não vejo o Senhor Jesus se auto, comparando a um cedro do Líbano, porém vejo o Senhor Jesus se auto, comparando a uma simples videira; um vegetal simples feito de cipós, todos enrolados um aos outros, vegetal que produz um fruto de tamanho insignificante, porém como veremos a seguir de alto valor. A videira é um tipo de vegetal cuja história remonta de aproximadamente quatro mil anos atrás (4000 anos): Sim á aproximadamente quatro mil anos atrás, a história sagrada nos fala de uma inundação total da terra, “ou seja”, o tão polêmico e, tão discutido dilúvio.

 

P 03

A história nos afirma que a tal inundação foi total; porém a ciência geralmente não concorda, algumas linhas da ciência até concordam que o tal dilúvio tenha existido, mas que tenha sido apenas parcial. — O dilúvio durou quarenta dias. A água subiu e levantou a arca, e ela começou a boiar. A água foi subindo, e a arca continuou a boiar. A água subiu tanto, que cobriu todas as montanhas mais altas da terra. E depois ainda subiu mais sete metros.  Morreram todos os seres vivos que havia na terra, isto é, as aves, os animais domésticos, os animais selvagens, os animais que se arrastam pelo chão e os seres humanos. (Bíblia Sagrada) Gên. 7: 17 – 21. O personagem principal desta história se chamava Noé ele avisou toda população da terra da época que um dilúvio havia de acontecer, construiu uma proteção fluvial que abrigou sua família e, de cada animal um casal.

Porém ao baixarem as águas do dilúvio, a história nos conta que Noé juntamente com sua família, desceu a montanha chamada Arará, hoje dentro do território da Armênia e, já ao pé da montanha construiu sua residência e, plantou uma vinha, ”ou seja”, algumas videiras, a história conta que Noé colheu seus frutos, fez seu vinho tomou dele e, como todo ser humano, exagerou e provocou um tremendo escândalo. — Noé era agricultor; ele foi a primeira pessoa que fez uma plantação de uvas. Um dia Noé bebeu muito vinho, ficou bêbado e se deitou nu dentro da sua barraca. Cam, o pai de Canaã, viu que o seu pai estava nu e saiu para contar aos seus dois irmãos. Então Sem e Jafé pegaram uma capa, puseram sobre os seus próprios ombros, foram andando de costas e com a capa cobriram o seu pai, que estava nu. E, a fim de não verem o pai nu, eles fizeram isso olhando para o lado.

Quando Noé acordou depois da bebedeira, soube do que Cam, o filho mais moço, havia feito. Aí Noé disse o seguinte: “Maldito, seja Canaã”! Ele será escravo dos seus irmãos, um escravo miserável. E Noé disse mais: “Bendito seja o SENHOR, Deus de Sem, e que Canaã seja seu escravo”. Deus faça com que Jafé tenha domínio sobre muitas terras, e que os seus descendentes morem nos acampamentos de Sem. “E que Canaã seja escravo de Jafé”. Depois do dilúvio, Noé viveu mais trezentos e cinquenta anos e, morreu quando tinha novecentos e cinquenta anos de idade. (Bíblia Sagrada) Gên. 9: 20 – 29. Porem meu caro leitor(a) a história da videira como não podia deixar de ser, continua e, nós vamos agora passar por um ponto polêmico, a história sagrada nos fala de um cacho de uvas que precisava dois homens para levar, isso numa terra onde os homens eram gigantes.

(Ogue, rei de Basã, foi o último rei da raça de gigantes chamados refains). A sua cama, feita de ferro, media quatro metros de comprimento por um metro e oitenta de largura, de acordo com a medida usada naquele tempo. — A cama ainda está na cidade de Rabá, no país de Amom. (Bíblia Sagrada) Deu. 3: 11. — Depois chegaram ao vale de Escol e ali cortaram um galho de uma parreira com um cacho de uvas, que dois homens carregaram pendurado numa vara. Eles pegaram também romãs e figos. (Bíblia Sagrada) Núm. 13: 23. Eu sou a videira e vocês são os ramos: É bom lembrar que uma árvore se não tiver ramos fica meio sem graça, uma árvore sem ramos, é apenas mais um poste, talvez seja por isso que o Senhor nosso Deus tenha se preocupado tanto com a humanidade, pois essa humanidade toda desajeitada forma uma espécie de complemento da sua existência. Pois uma videira é um tronco que produz ramos e, esses ramos espalhados por toda a

 

P 04

terra agora começam a produzir; folhas, flores e, frutos. Mas a pergunta é e, para que servem folhas, bem às folhas servem para fazer sombra. Quantas vezes nós nos abrigamos na sombra de uma árvore? Quantas vezes você meu caro leitor(a) viu ao seu lado alguém morrendo por falta de uma sombra? Quantas vezes alguém bateu na sua porta pedindo um pedaço de pão e, você com um ódio capaz de matar uma serpente, mesmo tendo pão sobrando para jogar fora simplesmente o mandou trabalhar. Quantas vezes você viu seu vizinho morrendo de tristeza e tudo que você soube dizer foi, se morrer é menos um para incomodar. Folhas servem para fazer sombra e, na hora do cansaço uma boa sombra é o que há de melhor. Naquela hora em que parece que o mundo vai desabar na cabeça da gente, parece que tudo chegou ao fim, é a hora em que uma boa sombra pode nos dar todo o alívio que precisamos.

Uma palavra amiga, uma palavra de fé, uma palavra de conforto, uma palavra de ânimo; muitas vezes nós começamos a falar e a pessoa começa a chorar, continuamos a falar e a pessoa continua chorando muitas vezes por horas inteiras como que não querendo ser consolada. Meu amigo(a) meu irmão(ã) esse é o trabalho da sombra, a função da sombra é trabalhar até refrigerar a alma cansada; e assim muitas vezes vai se trabalhando com a pessoa chorando até fazê-la sorrir. Lembre-se, muitas vezes até mesmo parar e ouvir a pessoa chorar é fazer uma boa obra, pois muitas vezes tudo o que ele ou ela precisa é exatamente de alguém para ouvi-la chorar. Sombra, ramos produzem sombra, sombra que dá alívio ao cansado, sombra que reanima a alma triste, sombra que trás de volta quem sabe até mesmo à alegria de viver. Se nós olharmos para a Bíblia Sagrada veremos o seguinte:

— Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo à sombra do Onipotente descansará. (Bíblia Sagrada) Sal. 91: 1. — O Senhor é quem te guarda: O Senhor é a tua sombra à tua direita. (Bíblia Sagrada) Sal. 121: 5. Mas o bom lavrador continua trabalhando e a videira continua produzindo; ramos, folhas, flores, frutos e tudo mais; eu tenho no meu computador uma sena que deslumbra por sua beleza, trata-se de uma raposa cheirando uma flor. Flores têm chamado à atenção das pessoas cessíveis há milhares de anos: O que você acha que a nossa mãe “Eva” estava fazendo debaixo da “árvore da ciência do bem e do mal”, quando foi abordada por lúcifer o (satanás). Meu caro leitor(a), ela estava nada mais nada menos que, admirando a beleza dos frutos e das flores daquela árvore. Aí você pergunta e, porque ele não enganou Adão, e eu diria; homens normalmente não ligam muito para flores.

— E vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer e, “agradável aos olhos,” e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto e, comeu e, deu também a seu marido e, ele comeu com ela. (Bíblia Sagrada) Gên. 3: 6. Como você pode ver nossa mãe não estava apenas observando o movimento das abelhas que, voavam sobre os frutos e as flores da árvore, ela estava admirando a “beleza” dos frutos e das flores. Num passado não muito distante, o povo de ISRAEL, que era então escravo no Egito, por ordem do Senhor seu Deus, mudou-se do Egito para a Palestina e, enquanto viajava pelos desertos, construiu um tabernáculo para a adoração ao Senhor seu Deus. Porém, havia no acampamento uma espécie de intriga contra a liderança e, para acabar com as intrigas, o Senhor ordenou que uma vara de madeira sem nenhuma vida praticamente fosse posta em um determinado lugar, tendo sido feito, no dia seguinte se observou que a vara de madeira estava

 

P 05

cheia de flores e, até mesmo frutos havia na tal vara de madeira praticamente sem nenhuma vida. — Sucedeu, pois que no dia seguinte Moisés entrou na tenda do testemunho e, eis que a vara de Aarão pela casa de Leví, florescia; porque produzira flores e, brotara renovos e dera amêndoas. (Bíblia Sagrada) Núm. 17: 8. Meu amigo(a) meu irmão(ã), quantas vezes você já parou defronte a um jardim de infância e ficou admirando aquele bando de lindas crianças correndo, pulando e gritando, fazendo tudo que você gostaria de voltar a fazer; flores, precisariam ser mais bonitas? Eu acho que não; eu acho que não, porém uma flor já tem sua beleza natural. Você nunca parou defronte a um templo quando está terminando uma reunião verdadeiramente cristã? Onde as pessoas se abraçam, sorriem, conversam; as crianças correm gritam e sorriem, se nunca o fez, tente uma vez e verá como é linda a vida que você tal vez não tenha dado tanto valor.  A videira produz ramos, folhas, flores e, frutos; Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o Lavrador.

— Todo ramo em mim, que não dá “fruto”, o tira; e limpa todo aquele que dá “fruto”, para que dê mais fruto. (Bíblia Sagrada) Joã.15: 2. Meu caro leitor(a), como você pode ver, o ramo da produção parece ser sempre muito complicado; se nós olharmos para o ramo da confecção, por exemplo, veremos que desde os primórdios da humanidade, a confecção talvez tenha sido a área mais complicada da produção; pois ninguém compra uma camisa meio costurada, ou um vestido de festa para ficar mais feia. Se olharmos para a produção agrícola, veremos a grande preocupação com a quantidade e com a qualidade do produto que chega até a sua mesa, em fim em toda produção há muito preocupação. E como não podia deixar de ser no vinhedo não é diferente, a videira tem que produzir ramos, folhas, flores e, frutos e, essa produção tem que ser especial, pois uvas servem para fazer vinho e, vinho é o que se bebe na festa e, na festa tem que ter o melhor; se o vinho não for bom, a festa não terá bom comentário no dia seguinte.

É por isso que videira precisa produzir quantidade e qualidade. O Profeta João Batista quando apareceu pregando a última mensagem profética antes de Jesus, ele dizia. — Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. (Bíblia Sagrada) Mat. 3: 2. — Produzi, pois “frutos” dignos de arrependimento. (Bíblia Sagrada) Mat. 3: 8. — Acautelai-vos, porem dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Por ventura colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? (Bíblia Sagrada) Joã. 7: 15 – 16. — E assim o que colhe recebe recompensa e, acumula “frutos” para a vida eterna; para que assim o que planta como o que colhe ambos sejam felizes. (Bíblia Sagrada) Joã. 4: 3.

— É chegada a hora em que o Filho do Homem há de ser glorificado. Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito “fruto”. Quem ama a sua vida perdê-la-á e, quem neste mundo aborrece a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna. Se alguém me serve, siga-me e, onde eu estiver ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará. (Bíblia Sagrada) Joã. 12: 23 – 26. — E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte. Mas agora libertos do pecado e, feitos servos de Deus, tendes o vosso “fruto” para

 

P 06

santificação, e por fim a vida eterna. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. (Bíblia Sagrada) Rom. 6: 21 – 23. — Quero dizer a vocês o seguinte: deixem que o Espírito de Deus dirija às suas vidas e não obedeçam aos desejos da natureza humana. Porque o que a nossa natureza humana quer é contra o que o Espírito quer, e o que o Espírito quer é contra o que a natureza humana quer. Os dois são inimigos, e por isso vocês não podem fazer o que vocês querem.  Porém, se é o Espírito de Deus que os guia, então vocês não estão debaixo da lei. As coisas que a natureza humana produz são bem conhecidas.

Elas são: a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes, a adoração de ídolos, as feitiçarias, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, os acessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, as invejas, as bebedeiras, as farras e, outras coisas parecidas com essas. Repito o que já disse: Os que fazem essas coisas não receberão o Reino de Deus. Mas o “fruto” do Espírito de Deus é o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e, o domínio próprio. E contra essas coisas não existe lei. (Bíblia Sagrada) Gál. 5: 16 – 23.  — O lavrador que planta e colhe deve ser o primeiro a ser compensado pelo seu trabalho. (Bíblia Sagrada) II Tim. 2: 6.

Meu caro leitor(a), frutos, quanto você já produziu para o seu lavrador eterno; eu particularmente acho que você é muito importante para perder tempo com essas coisas, não é mesmo? Eu acho que você é rico demais, sábio demais, tem um grau de instrução alto demais, uma posição social importante demais, para se preocupar com coisas como o que você chamaria de religião, não é mesmo? Pois bem, o que você não pode esquecer, é que daqui á alguns dias tudo isso ficará em cima de uma placa de mármore ou de granito é, lá mesmo naquele lugar aonde você nem gosta de ouvir falar, no tão conhecido e, tão esquecido cemitério; lá terminará todo seu orgulho, todos os seus valores sociais, toda a sua riqueza acabará virando pó!

E aí meu caro leitor(a), permita-me lhe fazer uma pergunta, aliás, quem lhe fás essa pergunta é o próprio Jesus, o Cristo a (Videira Verdadeira) lembra-se dela? — Então direi a mim mesmo: ‘Homem feliz! Você tem tudo de bom que precisa para muitos anos. Agora “descanse, coma beba e, alegre-se”. Mas Deus lhe disse: “Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou”?. Jesus concluiu: Isso é o que acontece com aqueles que juntam riquezas para si mesmos, mas para Deus não são ricos. (Bíblia Sagrada) Luc. 12: 19 – 21. Eu sei que o que você acabou de ler, parece bem absurdo, parece mais um amontoado de bobagens sem nexos; porém tudo o que você já viveu neste mundo, na verdade não parece ter muita lógica não é mesmo! 

 

Sem mais atenciosamente:

                                                    

                                                            Pr. Manoel Teixeira

                           Associação Teológica Renascer

                          Site: www.asotera.com / E-mail: contato@asotera.com.

                                  Fone: (47)3446-0031 / cel. 9985-7616. (TIM)


 




Mais Matérias
:: Copyright © ASOTERA 2007 ~ Todos os Direitos Reservados ::
:: Site Desenvolvido Por Elite Y ::