Ultimas Matérias Cadastradas
Redenção.
13:58:08 31/07/2013
Em quem temos a Redenção pelo seu sangue, à remissão das ofensas (pecados), segundo as riquezas da sua graça, (Bíblia Sagrada) Efé. 1: 7.



     Redenção  

P 01

Nós aprendemos que apesar de não parecer somos nada mais, nada menos que as primícias da criação. Aprendemos que após a criação do ser humano, o Senhor nosso Deus arranjou realmente algo para se preocupar, por incrível que possa parecer, o ser humano, você e eu! Há quem diga que o Senhor nosso Deus expressou à sua maior preocupação para com o ser humano na morte de Jesus, o Cristo na cruz: — Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho único, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Bíblia Sagrada) Joã. 3: 16. Realmente a obra redentora da cruz é sem comentário, todavia se nós olharmos para o início da criação, veremos, Deus demonstrando uma preocupação inigualável quando descoberto, digamos assim, o pecado.

— E fez o SENHOR Deus a Adão e a sua mulher túnicas de peles e os vestiu. Então, disse o SENHOR Deus: Eis que o ser humano agora é como um de nós, conhecendo o bem e o mal; ora, pois, para que não estenda à sua mão, e tome também do fruto da árvore da vida, coma, e viva eternamente agora em pecado, o SENHOR Deus, pois, os lançou fora do Jardim do Éden, para lavrar a terra, da qual foram tomados. E, havendo lançado fora o homem e sua mulher, pôs querubins ao oriente do Jardim do Éden e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida. (Bíblia Sagrada) Gên. 3: 21 – 24. Eu acredito ser o único maluco que parou para meditar nessa mensagem que acabamos de ler.

Imagine você ver o próprio Criador sacrificando animais, tirando o couro, curtindo o mesmo, medindo, cortando e finalmente com uma agulha na Mão costurando uma roupinha para os nossos pais, Adão e EVA. Na verdade não parece real, mas por incrível que possa parecer é de certa forma a pura realidade! A partir de então pare e pense no estado de preocupação que você ser humano despertou no Único e Verdadeiro Deus, o seu Criador. Em seguida vem à parte mais complicada, aquela exatamente que ninguém se preocupou com ela; o ser humano agora havia se transformado intelectualmente e, chegou mesmo o ponto do Próprio Deus admitir e falar; o ser humano agora é nada mais, nada menos que igual á Nós conhecendo o bem e o mal. O ser humano havia acabado de cometer um crime contra o seu Criador, crime esse que os levaria ao envelhecimento e á morte.

Porém, mesmo após comer do fruto da árvore da ciência do bem e do mal, ato que os levaria ao envelhecimento e a morte, os nossos pais ainda poderiam voltar e comer também do fruto da Árvore da Vida, ato esse que não os livraria do envelhecimento, porém os levaria há uma vida eterna, mesmo em pecado! Eles envelheceriam, acabariam se deteriorando, virando apenas lixos humanos, porém não morreriam. Para despertar à sua curiosidade funciona assim; se os nossos pais, antes do pecado tivessem comido do fruto da árvore da Vida, teriam se tornado dois anjos de carne, digamos assim. Isso é se tivessem comido do fruto da árvore da Vida antes de pecar. Porém, eles pecaram e ainda poderiam comer do mesmo fruto, só que ao comer do fruto da árvore da Vida, eles viveriam eternamente, sem pecado, ou em pecado. Só que agora com o pecado os seus corpos passaram á envelhecer, á se degenerar digamos assim e, ai você olha hoje para uma pessoa com 80 anos de idade e  

      

      P 02

percebe que ela já não tem mais vida, está na verdade ali só esperando a hora de cair numa sepultura, agora pare e imagine essa mesma pessoa com o dobro dessa idade, ou seja, cento e sessenta anos, como seria?  Pare e pense o caos que teria se tornado a terra se não fosse à preocupação do Senhor nosso Deus em não permitir que os nossos pais Adão e Eva agora em pecado, voltassem e comesse também, do fruto da Árvore da Vida. Ai então a preocupação, retirar os nossos pais do Paraíso e, colocar guardas ao redor da Árvore da Vida para que eles não voltassem e não comessem do seu fruto e, não passassem há viver eternamente, agora em pecado.

Todavia apesar do desastre, se assim podemos chamar, os nossos pais saíram do Jardim do Éden e começaram há se reproduzir. Mais um pouco nasce o seu primeiro filho que teve por nome Caim (Fratricida = homem mau). Segundo á história logo em seguida vem Abel (heb.), Transitório (pt) e, esse nos faz saber da preocupação divina aparentemente desde antes do seu nascimento até mesmo após à sua morte. Veja você, Caim onde está o seu irmão? Sabe quem fez essa pergunta demonstrando tanta preocupação para com o ser humano? Foi nada mais nada menos que o nosso Criador, o fundador do Universo!

Na verdade meu caro leitor(a), não parece muito real, mas a criação do ser humano parece ter realmente revolucionado a Mente e o Coração do Senhor nosso Deus! Se pararmos para meditar, veremos que Deus foi Eterno, é Eterno e será Eterno, no entanto, olhamos para o passado e não vemos o Senhor nosso Deus criando nada que tenha cativado tanto o seu Coração. Porém, quando vemos Ele criando o ser humano, já temos a oportunidade de ouvi-lo dizendo, vamos criar o ser humano parecido conosco. ― E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre o gado, sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra. (Bíblia Sagrada) Gên. 1: 26.

A partir dali, a humanidade sai perambulando pelos quatro cantos da Terra mais ou menos como um mosquito, batendo com a cabeça na lâmpada acesa até morrer. Sempre dependendo da Graça do seu Criador, mas na maioria das vezes não sabendo como adquiri-la e, outras vezes nem mesmo querendo fazer tal coisa. Porém, em qualquer ponto crítico que o ser humano tenha se encontrado, lá estava o Senhor nosso Deus com as suas Mãos estendidas para protegê-lo. Certa vez quando o Senhor Jesus atravessava o tão conhecido e, tão comentado Monte das Oliveiras, ao descê-lo já em direção há Jerusalém, de um ponto, de onde se podia ver bem o centro da cidade e as pessoas indo e vindo, Ele fez esse comentário:

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste! (Bíblia Sagrada) Mat. 23: 37. Na verdade se nós olharmos com atenção, veremos que toda a existência está na dependência do Senhor nosso Deus. O pecado e a gratidão, a vida e a morte, à salvação e a perdição, nada escapa às suas determinações. Portanto, se nós olharmos para o passado com atenção, temos a oportunidade de ver que o povo judeu que não aceitou Jesus Cristo, como Messias, como Salvador da humanidade, não o fez por não querer e, sim por não ter entendido à mensagem de salvação que lhes fora passado até então.   

 

P 03

― Veio para os que eram seus, mas os seus não o receberam. (Bíblia Sagrada) 1: 11. Você caro leitor(a), já teve certamente a oportunidade de ouvir muitos criticando o povo judeu da época pelo fato de não ter, aceito á Cristo como o seu Salvador, então eu pergunto; você leitor(a) já parou para pensar aonde você iria parar se aquele povo tivesse aceito á Cristo como seu Salvador? Pois bem, você e eu e, toda a humanidade não judia iriamos para perdição. Porém, é bom lembrar que lá no passado quem pecou, ou seja, cometeu um crime contra o nosso Criador não foi o povo judeu e, sim os nossos pais Adão e EVA representando a humanidade que ainda existiria sobre toda a face da Terra.

Humanidade essa para a qual logo após o pecado, o Senhor nosso Deus prometia uma Redenção, uma Restauração, falando o seguinte: Satanás, a partir de agora tu passarás o tempo perseguindo e tentando destruir a humanidade, porém, pela Graça de Deus a humanidade em grande parte se defenderá dos teus ataques e, no futuro, lá no final tu serás destruído. (Bíblia Sagrada) Gên. 3: 15. A partir de então, a humanidade passa aproximadamente (4.000) quatro mil anos esperando um Redentor, um Salvador, alguém que pudesse restaurar à sua confiança para com Deus o seu Criador; alguém que pudesse fazer com que o ser humano voltasse á olhar á Face do único e verdadeiro Deus.

Com essa mensagem o Senhor nosso Deus fez os nossos pais entenderem que daqui mais um pouco, Ele enviaria alguém para redimir, para restaurar, a confiança do ser humano ao seu Criador. Assim, os nossos pais saíram do Jardim do Éden esperando há qualquer momento a chegada desse Redentor, o que eles não sabiam, é que Ele só viria aproximadamente (4.000) quatro mil anos depois. E como podemos ver pela história, após tanto tempo, quando Ele chegou à massa da humanidade ainda não o reconheceu. Numa Nação israelense do passado, existia uma espécie de transação comercial conhecida como redenção.

Quando alguém empobrecia muito e, chegava ao ponto tão crítico financeiro que não tivesse mais como pagar as suas dívidas, acabaria se entregando como escravo pelas dívidas. Porém, ainda não estava tudo perdido, ainda existia a possibilidade de um parente próximo ou um amigo íntimo pagar as suas dívidas recuperando assim, a sua dignidade a sua vida e, a sua liberdade! ― Veio, pois, a mim Hananel, filho de meu tio, segundo a palavra do SENHOR, ao pátio da guarda, e me disse: Compra, agora, a minha herança que está em Anatote, na terra de Benjamim, porque teu é o direito de herança, e tens o resgate; compra-a para ti. Então, entendi que isto era a palavra do SENHOR.

Comprei, pois, a herança de Hananel, filho de meu tio, a qual está em Anatote; e pesei-lhe o dinheiro: Dezessete siclos de prata. Subscrevi o auto e selei-o; ele foi confirmado por testemunhas, e pesei-lhe o dinheiro numa balança. E tomei o auto da compra, tanto o que estava selado, conforme a lei e os estatutos, como o que estava aberto. E dei o auto da compra a Baruque, filho de Nerias, filho de Maaséias, perante os olhos de Hananel, filho de meu tio, e perante os olhos das testemunhas que subscreveram a escritura da compra e perante os olhos de todos os judeus que se assentavam no pátio da guarda. E dei ordem a Baruque, perante os olhos deles, dizendo:

 

P 04

assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Toma estes autos, este auto de compra, tanto o selado como o aberto, e mete-os num vaso de barro, para que se possam conservar muitos dias; porque assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Ainda se comprarão casas, campos, e vinhas nesta terra. E, depois que dei o auto da compra a Baruque, filho de Nerias, orei ao SENHOR, dizendo: Ah! Senhor JEOVÁ! Eis que tu fizeste os céus e a terra com o teu grande poder e com o teu braço estendido; não te é maravilhosa demais coisa alguma. (Bíblia Sagrada) Jer. 32: 8 – 17.

Olhando para esta mensagem, chegamos há conclusão que mais ou menos nessa situação, ficaram os nossos pais Adão e EVA lá no Jardim do Éden, após o pecado. Sem a Graça, sem a Presença de Deus e sem a menor noção do que fazer para recuperá-la. Tudo o que eles tinham sem ter assim entendido praticamente nada, era a promessa que um dia alguém viria ao seu encontro trazendo a eles o que ficou conhecido como Redenção. A partir daí, Deus passa o tempo falando direto, ou indiretamente ao seu povo através dos seus Profetas; O grande homem de Deus, Moisés já dizia: O SENHOR, teu Deus, te despertará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, como eu; a ele ouvireis; (Bíblia Sagrada) Deu. 18: 15.

Todavia a humanidade de um modo quase que em geral, saiu apelando para toda sorte de adoração; espiritismo, macumbaria, bruxaria, enfim, qualquer coisa que pudesse levar o ser humano mais perto de Deus, ou substitui-lo por uma mentira qualquer. E nessa caminhada, o povo que se manteve mais perto de Deus na verdade, foi o povo hebreu pelo fato de ser descendente de Abraão, o nosso Pai da Fé. Porém, o Senhor nosso Deus, o nosso Criador, havia assumido lá no Jardim do Éden um compromisso, não com o nosso patriarca Abraão e nem com os seus descendentes, e sim com os nossos pais Adão e EVA representando a humanidade perdida de um modo em geral.

Como nós sabemos o ser humano de um modo geral é assim mesmo; uma sala de aula poderá ser repleta de alunos, porém, aplicados são poucos, uma empresa pode ser lotada de empregados, todavia são poucos os colaboradores. Ao ser levado ao Templo para apresentação, o Menino Jesus já despertava alguns corações, mas como podemos ver, eram poucos. E, sobrevindo na mesma hora, ela dava graças a Deus e falava dele á todos os que esperavam a redenção em Jerusalém. (Bíblia Sagrada) Luc. 2: 38. Redenção, restauração, recuperação, enfim a possibilidade de chegar de novo na Presença de Deus, na verdade era isso que a humanidade tanto esperava.

E a partir de agora, como podemos ver essa esperança começava há se tornar uma realidade, ai estava o recém-nascido Redentor da humanidade, o Messias, o Menino Jesus sendo apresentado á Deus, o Pai Celestial! Porém, parece que eram poucos os que o reconheciam, temos o prazer de ver Simeão e ANA dando Glória a Deus e, no entanto, temos o desprazer de ver o rei Herodes procurando-o para mata-lo! ― Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele. E fora-lhe revelado pelo Espírito Santo que ele não morreria antes de ter visto o Cristo do Senhor. E, pelo Espírito, foi ao templo e, quando os pais trouxeram o menino Jesus,

 

P 05

para com ele procederem segundo o uso da lei, ele, então, o tomou em seus braços, e louvou a Deus, e disse: Agora, Senhor podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra, pois já os meus olhos viram a Tua salvação, a Tua Redenção, a qual tu preparaste perante a face de todos os povos, luz para iluminar as nações e para glória de teu povo Israel. (Bíblia Sagrada) Luc. 2: 25 – 32. Nós não podemos nos esquecer, que após o pecado, toda preocupação de Deus para com o ser humano não deixou de ser a tão conhecida Redenção, a restauração da confiança de Deus no ser humano! Pois por incrível que possa parecer o ser humano foi criado para lá no futuro, lá Eternidade fazer parte da existência de Deus.

― Eu não peço somente por estes, mas também por aqueles que, pela sua palavra, hão de crer em mim; para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu, em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. (Bíblia Sagrada) Luc. 17: 20 – 21. Como podemos ver aqui dá para se ter uma ideia do porque de tanta preocupação de Deus para com o ser humano. Só que a partir da criação, em seguida vem o tão conhecido pecado e essa humanidade continua em grande massa perambulando em busca de uma forma de chegar de novo há presença do seu Criador, porém, uma esmagadora maioria corre em busca sem saber nem mesmo de quê.

Se nós sairmos pelas ruas a perguntar o que acontecerá após a morte, se perguntarmos há mil pessoas teremos o desprazer de ouvir mil respostas diferentes e, o que é pior, talvez não teremos nenhuma resposta certa. Os nossos pais, Adão e EVA tinham uma convivência ativa com Deus o nosso Criador e, com o pecado, ao desobedece-lo, eles perderam o direito á essa convivência, porém, ficou em ambas as partes um enorme interesse em reativar aquela convivência, um enorme desejo da parte de Deus e, uma necessidade da parte do ser humano. Todavia pelo fato de o crime ter sido muito grave, o preço para essa reativação seria, ou foi muito alto. ― Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus, (Bíblia Sagrada) Rom. 3: 23 – 24.

A partir do momento que os nossos pais Adão e EVA, desobedeceram ao seu Criador foi como se eles tivessem adquirido uma espécie de uma mancha contagiosa. Mancha contagiosa essa que veio contaminando toda a criação subsequente, ao ponto de acabarmos de ler: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Verdade é que os responsáveis por esse ato foram os nossos pais, porém, nós fomos contaminados e, a partir dessa contaminação, sim, tudo o que nós temos feito na verdade é pecar, também!

Ainda é bom lembrar, que esse ato, aquela desobediência conhecida como pecado contaminou, não só a vida da humanidade e, sim a vida de toda a criação. Quando você, ser humano encontra um pobre cachorro pela rua morrendo de fome e de sede, você não dá a menor importância, mas fique sabendo, o pobre animal irracional sente dores, igualzinho á você e eu! O grande Apóstolo Paulo lá no passado, já nos alertava sobre isso falando o seguinte: Porque sabemos que toda a criação sofre tanto quanto uma mulher com dores de parto o tempo todo. E não só a criação irracional, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também sofremos,

 

P 06

gemendo, chorando e, esperando a adoção, a saber, a Redenção do nosso corpo. (Bíblia Sagrada) Rom. 8: 22 – 23. O mundo em que vivemos na verdade, ele já foi um Paraíso, mas foi exatamente a desobediência dos nossos pais Adão e EVA, o tão conhecido pecado que fez com que o mundo que ai está, se transformasse no pesadelo que é hoje. Terremotos, guerras, fome, enfermidades, enfim uma desgraça em cada esquina! Porém, essa humanidade tão sofrida de alguma forma continua correndo em busca daquilo que se convencionou chamar de Redenção. ― E Deus escolheu as coisas simples deste mundo, as coisas desprezíveis, sem valor para aniquilar as que parecem importantes; para que nenhum ser humano se glorie perante ele.

Mas nós agora somos filhos de Deus, alcançamos isso através de Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, justiça, santificação, e Redenção; para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor. (Bíblia Sagrada) I Cor. 1: 28 – 31. E assim como podemos ver, gradativamente a graça de Deus nos foi alcançando e nós estamos há cada momento que passa chegando mais perto da nossa Redenção. Pois todo esse processo da criação do ser humano na verdade só terá algum valor, quando nós alcançarmos uma total Redenção. É bom lembrar que lá Jardim do Éden, com a desobediência dos nossos pais, o tão conhecido pecado, nós perdemos a nossa alma, á partir dali foi como se tivesse construído uma parede entre o Criador e a criatura, nós não podemos mais olhar para a Face de Deus,

― Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; porém, a alma que pecar, essa morrerá. (Bíblia Sagrada) Eze. 18: 4. os nossos corpos passaram há envelhecer até a morte, E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: Do fruto de toda árvore do jardim comerás livremente, mas do fruto da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás. (Bíblia Sagrada) Gên. 2: 16 – 17. e a Terra passou para o domínio de satanás. Agora, é o juízo deste mundo; agora, será expulso o príncipe deste mundo. (Bíblia Sagrada) Joã. 12: 31.

Só para lembrar, o príncipe deste é (satanás). A grande massa da humanidade não sabe, mas verdade é que tudo isso precisa ser recuperado e não podemos nos esquecer, que tudo isso poderá ser feito através da Redenção que há em Cristo Jesus. Em quem temos a Redenção pelo seu sangue, à remissão das ofensas (pecados), segundo as riquezas da sua graça, (Bíblia Sagrada) Efé. 1: 7. Quando nós pela fé abandonamos o mundo e o pecado, aceitamos Jesus, o Cristo como nosso único e suficiente Salvador e começamos assim uma caminhada de fé em direção a Eternidade, na presença de Deus, automaticamente já alcançamos a Redenção das nossas almas.

em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, para Redenção da possessão de Deus, para louvor da sua glória. (Bíblia Sagrada) Efé. 1: 13 – 14. Como podemos ver aqui nós já alcançamos a Redenção das nossas almas, porém, continua pendente a Redenção dos nossos corpos, o que acontecerá com: A ressureição e com a transformação dos que ainda estiverem vivos

 

P 07

com na volta de Jesus em busca da sua Igreja. É bom lembrar que continuará pendente a redenção da Terra, o que acontecerá um pouco mais há frente com a restauração milenar, porém tudo o que foi perdido deverá ser redimido, restaurado. ― E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o Dia da Redenção. (Bíblia Sagrada) Efé. 4: 30. A partir do momento que nós nos encontramos com Jesus, o aceitamos como nosso único e suficiente Salvador, começando assim uma caminhada para uma Eternidade com Deus, começamos há nos enquadrar no fator conhecido como Redenção. Uma grande massa da humanidade vive fugindo de um tal de inferno perigoso, a outra parte corre em busca de um céu maravilhoso, o que poucos sabem na verdade é o que quer dizer e, para que serve realmente a palavra Redenção!

― Ele nos resgatou do poder das trevas e nos transportou para o Reino do Filho do seu amor, em quem temos a Redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; (Bíblia Sagrada) Col. 1: 13 – 15. Como podemos ver aqui, toda preocupação de Deus, o nosso Criador para com o ser humano, e toda preocupação do ser humano em relação ao seu Criador, consiste numa recuperação, uma restauração, ou melhor, dizendo (uma Redenção). Como já falamos antes, os nossos pais Adão e EVA ao pecarem, perderam aquilo que nós conhecemos como comunhão com Deus, a partir da sua desobediência Deus os expeliu da Sua presença e se distanciou deles, foi mais ou menos como duas crianças sequestradas e levadas para longe dos pais;

os pais em questão passarão uma vida procurando os seus filhos e, aquelas crianças desesperadamente almejando reencontrar os seus pais. Por incrível que possa parecer nessa procura Deus tem investido tudo o que Ele tinha de mais precioso, Ele investiu nada mais, nada menos que a vida do Próprio Filho Jesus, o Cristo. Pois como já falamos antes, Esse Deus passou um longo tempo preparando o Universo, preparando uma Existência para receber por incrível que possa parecer, o ser humano, pois olhando nós assim pode não parecer, mas você ser humano é nada mais, nada menos do que o ser mais importante de toda a Existência, abaixo de Deus é claro.  Pois lá no futuro, lá na Eternidade, se você e eu buscarmos aquilo que se convencionou chamar de Redenção aceitando há Cristo como nosso único e suficiente Salvador e assim desempenharmos uma caminhada de fé em Deus o nosso Criador, ao chegarmos lá passaremos á fazer parte da sua Existência.

Eu não peço somente por estes, mas também por aqueles que, pela sua palavra, hão de crer em mim; para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu, em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. (Bíblia Sagrada) Joã. 17: 20 – 21. E como você pode ver não há distinção de pessoa, Eu não peço somente por estes, mas por todos aqueles que quiserem, por aqueles que crerem em Mim. Na verdade é o que eu tenho escrito em outras matérias, Deus tem se colocado há nossa disposição, nós é que geralmente temos rejeitado à sua bondade, à sua misericórdia, Ele tem tentado por todos meios sagrados nos alcançar, nós, no entanto é que temos fugido d,Ele. Dai aquele processo conhecido como Redenção acaba ficando sem efeito nas nossas vidas, pois o alimento está no prato, mas para passar a fome você terá que comê-lo.

 

P 08

Para que esse processo conhecido como Redenção possa surtir efeito na sua vida, você terá que se desprender deste mundo de pecado que ai está, aceitar á Cristo como Salvador e começar assim uma caminhada de fé em direção a uma Eternidade com Deus. Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem, o qual se deu a si mesmo em preço de Redenção por todos, para servir de testemunho á seu tempo. (Bíblia Sagrada) I Tim. 2: 5 – 6. Redenção, ainda é o nosso lema, o fato de a humanidade viver como alguém que anda no escuro, procurando sem saber o quê, tem sido sem dúvida à maior dificuldade. Pois muitos estão ensinando, mas também não sabem o que estão ensinando e, assim à humanidade tem vivido mais ou menos como quem procura alguma coisa no escuro.

No passado nós tínhamos o problema da falta de literatura, e um analfabetismo imperioso, isso dificultou o acesso ao conhecimento das coisas de Deus, chegamos numa época em que o analfabetismo foi quase eliminado, a literatura cobriu praticamente toda a população, e isso parece ter piorado as coisas. Pois agora movidos pela ganancia financeira e, pela a fome de poder em cada esquina encontramos um com uma Bíblia Sagrada na mão, ensinando a mesma matéria de uma forma diferente. Sempre esquecendo que existe um só Deus e um só Mediador entre Deus e o homem, Jesus Cristo, que se fez Homem e veio até nós em busca da humanidade perdida praticando assim aquilo que nós tanto conhecemos como Redenção.

Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna Redenção. (Bíblia Sagrada) Heb. 9: 11 – 12. Você já teve o desprazer de ouvir muitos fazendo propaganda da (igreja), se prestar atenção verá que a tal igreja que eles geralmente falam é simplesmente uma casa feita de tijolos, areia e cimento, sempre se esquecendo que a palavra Igreja vem do LATIM que quer dizer (TIRADOS PARA FORA), ou seja, tirados do mundo e do pecado que ai está corrompendo toda a humanidade e, trazidos para Cristo, o único Mediador entre Deus e o homem.

Você também já ouviu muito aquele termo, venha aqui na frente do altar, essa gente ainda não aprendeu que o último ALTAR foi à cruz e, o último Cordeiro sacrificado foi o próprio Senhor Jesus.  Redenção é o que você e eu precisamos para chegarmos a Presença de Deus. Nós aqui na Associação Teológica Renascer estamos caminhando para lá, só queremos contar com à sua companhia nesta viajem. 

                 

Sem mais atenciosamente:

 

 

                                      Pr. Manoel Teixeira

          Associação Teológica Renascer

             Site: www.asotera.com E-mail: contato@asotera.com

                        Fones: (47) 3446-0031 Cel. 9985-7616 (TIM)


 

 




Mais Matérias
:: Copyright © ASOTERA 2007 ~ Todos os Direitos Reservados ::
:: Site Desenvolvido Por Elite Y ::