Ultimas Matérias Cadastradas
Pare de Sofrer!
16:15:42 31/12/2010
Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; porém, no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (Bíblia Sagrada) Joã. 16: 33. ...


    Pare de Sofrer!

 

P 01

Infelizmente chegamos ao ponto, em que o Evangelho de Cristo virou moeda de barganha. Eu já tive o desprazer de ler na fachada de um templo evangélico, frase como: Venha para Jesus e pare de sofrer, num outro templo da mesma organização eclesiástica eu vi uma placa de anúncios cujo cabeçalho é mais uma frase: Pare de Sofrer! Á pergunta que eu continuo fazendo ainda é à mesma, onde essa gente leu tal coisa? Pois Jesus, o Cristo que eu conheço, começou á sofrer na noite em que nasceu e, sofreu por toda à sua vida até a morte e morte de cruz. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte e morte de cruz. (Bíblia Sagrada) Fil. 2: 7 – 8.

Se nós olharmos para a história da Igreja, á partir do Próprio Cristo, neste mundo, nesta vida tudo o que vemos é muito sofrimento. Pois o Próprio Jesus Cristo teve um nascimento já um tanto desumano, sua mãe praticamente em trabalho de parto foi obrigada á acompanhar seu esposo numa não muito longa viagem de urgência, isso á pé e, numa pobreza incomparável. Ao nascer no começo da noite teria morrido congelado não fosse à providência Divina providenciando alguém para lhe trazer um casaco tamanho adulto para lhe enrolar amenizando assim um pouco do frio e do sofrimento, d,Ele e de seus pais. Leia com atenção a mensagem á seguir e conheça assim mais um pouco da vida daquele Jesus, que você já ouviu tanto falar e, no entanto conhece tão pouco. 

 

Como sabe disso, se não é um seguidor? Porque estive com o menino Jesus pouco depois de seu nascimento, num estábulo de Belém. Chocado pelo que havia ouvido, Sérgio levou a mão à boca e esperou que Hafid continuasse. Eu era um jovem cameleiro na grande caravana de Pathros, mas havia passado três dias difíceis em Belém, tentando vender uma única túnica vermelha sem costura que Pathros me desafiara a vender para provar se eu podia ser promovido de cameleiro a vendedor. Na noite do terceiro dia, após fracassar centenas de vezes em vender a vestimenta, comi um pouco de pão na hospedaria e a seguir me dirigi aos fundos da construção, a uma caverna onde meu animal estava amarrado.

Por causa da friagem que havia no ar, eu decidira dormir no feno, ao lado de meu querido jumento, em vez de cavalgar para as montanhas. Após uma boa noite de descanso, estaria preparado para no dia seguinte fazer um supremo esforço para vender a túnica e, estava certo de que finalmente teria sucesso. Mas quando entrei no estábulo dei com um jovem casal sentado perto de uma única vela e, a seus pés estava à manjedoura que normalmente continha a ração dos animais. Ali havia uma criança dormindo sobre um punhado de palha e constatei que o bebê tinha pouca proteção contra o frio, exceto pelos mantos gastos da mãe e do pai, que o cobriam. O que fez? Hafid entrelaçou os dedos com força e inspirou profundamente. Afligi-me por vários momentos, imaginando todas as terríveis consequências de meu retorno à caravana sem a túnica ou as moedas que ganharia por sua venda.

 

P 02

Finalmente, retirei-a do lombo de meu animal e a enrolei cuidadosamente ao redor do bebê, depois de devolver as vestimentas gastas aos chocados pais. Você sabe Sérgio, isso foi há quase cinquenta anos e ainda posso ver aquela adorável jovem mãe soluçando de gratidão ao se aproximar e beijar-me a face. Hafid levantou-se e começou a andar para um lado e para outro, com as mãos às costas, enquanto os três ouviam atentamente. Quando cavalguei de volta à caravana, era uma criança arrasada. Havia falhado em minha missão e naquele instante estava certo de que seria um limpador de estrume de camelos para sempre.

A cabeça pendendo, totalmente derrotado, deixei mesmo de perceber o astro brilhante que me havia seguido por todo o caminho de volta, de Belém ao local do acampamento, mas Pathros , meu amo, o notara. Estava esperando por mim, apesar da hora tardia, à margem de nossa fileira de tendas, apontando para o céu brilhantemente iluminado e perguntando-me de que feito maravilhoso eu tomara parte. Disse-lhe que de nenhum. Entretanto, ele encarava a estrela brilhante como a um sinal especial de Deus e passou-me os dez pergaminhos do sucesso que usei, no decorrer de meus dias, para conquistar mais das coisas boas da vida do que qualquer pessoa merece. 

 

Livro: O Maior Vendedor do Mundo, volume 2, pág. 37 / O G Mandino.

 

Meu amigo leitor(a), aqui já dá para se ter uma ideia de como foi a vida daquEle Jesus, pois baseando-nos pelo começo, podemos imaginar como seria o seu final. Se nós olharmos ao nosso redor tudo o que vemos realmente é muito sofrimento, o difícil é explicar e fazer as pessoas entenderem o porquê e, para quê. Geralmente as pessoas de um modo quase em geral acham que se Deus é tão bom porque faz as pessoas sofrerem ou pelo menos as deixa sofrer. Para um grande número de pessoas à vida deveria ser bela e, para a maioria deveria ser melhor ainda. O que poucos sabem, é que esta vida funciona como uma espécie de preparação do ser humano para a Eternidade, para uma vida após a morte. E, ai nós temos a oportunidade de ver o Profeta Isaias há (2700) dois mil e setecentos anos atrás, falando o seguinte: A terra geme e pranteia, o Líbano se envergonha e se murcha, Sarom se tornou como um deserto, Basã e Carmelo foram sacudidos. (Bíblia Sagrada) Isa. 33: 9.

Por incrível que possa parecer, o sofrimento não faz parte só da vida da humanidade, se nós prestarmos melhor atenção veremos que toda criação ao nosso redor sofre conosco e, muitas vezes mais do que os seres humanos. Porque sabemos que toda a criação geme e, sofre como uma mulher com dores de parto até agora. (Bíblia Sagrada) Rom. 8: 22. Lá no passado, o próprio povo de Deus, ao desobedecer às determinações do seu Criador era de certa forma, castigado para acordar, para cair na realidade, digamos assim. Esse castigo não era nenhuma pedra grande caindo do Espaço nas cabeças das pessoas, não, funcionava mais ou menos assim: Ao desobedecer, o povo afastava-se de Deus e, você á de convir que se o bebê fugir para longe da mamãe logo fica sem proteção.

 

P 03

E assim desde um passado distante a humanidade vem sofrendo por causa da desobediência ao seu Criador. Sempre que o ser humano foge da direção, da presença de Deus acaba sofrendo as consequências e assim o sofrimento funciona como um grande castigo. Aqui o Profeta Ezequiel nos dá uma ideia de como era para um povo de Deus lá do passado a desobediência ao seu Criador. A espada está sendo polida, está pronta para ser usada. Está afiada e polida para ser posta nas mãos de um matador. Grite e solte gemidos, homem mortal; essa espada é para atacar o meu povo e todos os líderes de Israel. Eles serão mortos com todo o resto do meu povo. Bata no peito em sinal de desespero. (Bíblia Sagrada) Eze. 21: 11 – 12.

Aqui eu pergunto você já observou o estado de desespero que fica um bebê quando a mamãe afasta-se dele inesperadamente? Você já parou para observar o sofrimento de um pobre cachorro desertado, o estado de loucura que o pobre animal fica? Pois bem minha irmã, minha amiga, meu irmão, meu amigo é mais ou menos assim que fica uma alma sem Deus, longe do seu Criador e, ai todas as desgraças que passam á acontecer são consideradas como castigo. É nesse ponto que o Senhor Jesus o Cristo nos adverte, para que na hora do aperto possamos recorrer á Ele. Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; porém, no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (Bíblia Sagrada) Joã. 16: 33.

O que está acontecendo aqui, é que estão confundindo a frase, em mim terão paz com não terão mais sofrimento, ter paz em Jesus é ter alguém em que se possa confiar, porém, isso não quer dizer em hipótese alguma que pelo fato de estarmos em Jesus não teremos mais sofrimento. Se nós observarmos com atenção, veremos que este mundo após a desobediência de nossos pais, Adão e Eva ao nosso Criador, o Senhor nosso Deus transformou-se numa espécie de campo de tortura, não só para a humanidade, mas para toda criação. Todavia isso de alguma forma se faz necessário que seja assim, pois como já falamos antes este mundo como ai está funciona como um campo de treinamento, preparando assim a humanidade para uma vida eterna, lá na presença do Senhor nosso Deus.

...mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. (Bíblia Sagrada) I Ped. 4: 13. Olhando nós para a vida de Jesus o Cristo veremos praticamente uma vida só de sofrimentos, mas se observarmos as vidas dos seus colaboradores, os seus Apóstolos, por exemplo veremos uma verdadeira chacina. Pois praticamente todos os Apóstolos com exceção de Judas Iscariotes e João, todos os outros foram brutalmente assassinados. Porém seguindo em frente observando a caminhada da Igreja primitiva, ficamos perplexos com tantos sofrimentos dos nossos irmãos do passado, pois temos o desprazer de ver os nossos irmãos sendo torturados e assassinados das formas mais diabólicas possíveis. E isso tudo por uma razão muito simples, porque eles foram para Jesus e, foi exatamente o fato de eles estarem em Jesus que os levou ao martírio, á desgraça muitas vezes em maça!

 

"Você teria ficado boquiaberto1', continua Eusébio, "diante da firme intrepidez daqueles santos campeões, e da fortaleza impassível demonstrada por pessoas da mais tenra idade. Podia-se ver jovens, que ainda não haviam completado vinte anos, resistirem imóveis no meio da

 

P 04

arena, enquanto oravam a Deus com fervor, e não se retraiam de onde estavam nem mesmo quando os ursos e leopardos, respirando ira e morte, quase lhes tocavam o corpo com o focinho. Podia-se ver outros lançados à frente de um touro enfurecido, que atacava os pagãos que se aproximassem, atirando-os ao ar com os chifres, e deixando-os semimortos; mas, quando esse mesmo touro, berrando de raiva, investia contra os mártires, não podia aproximar-se deles: Esgravatando a areia com as patas, arremessando os chifres de um lado para o outro, e resfolegando raiva e violência por haver sido irritado com as brasas incandescentes, o animal enfurecido era, a despeito de tudo, puxado para tráz por mão invisível. E outros ainda, depois de os animais selvagens haverem sido inutilmente provocados, eram mortos à espada, e seus restos mortais, em vez de serem sepultados, eram entregues às ondas do mar".

 

Livro: Os Mártires do Coliseu, cap. 7 pág. 34.  A. J. O'Reilly 

    

Verdade é que, se tudo isso não tivesse acontecido, o Evangelho seria apenas mais um amontoado de mentiras, pois como vemos á seguir já havia um alerta para essa realidade. E, chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo,  tome a sua cruz, e siga-me. (Bíblia Sagrada) Mar. 8: 34. E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz e, siga-me. (Bíblia Sagrada) Luc. 9: 23. E agora (2000) dois mil anos depois os nossos estão pregando, venha para Jesus e pare de sofrer! Aliás, por incrível que possa parecer à impressão que se tem é que sempre houve incentivo ao sofrimento por amor ao Evangelho. Pois baseando-nos pelo texto a seguir, tudo indica que isso tenha sido mesmo uma realidade. Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. (Bíblia Sagrada) Rom. 8: 18.

E assim os verdadeiros cristãos seguem à sua caminhada em direção á presença de Deus, sempre na esperança de alcançar a recompensa pelo sofrimento deste mundo, desta vida. Porque, como as aflições de Cristo são abundantes em nós, assim também por Ele seremos consolados. (Bíblia Sagrada) II Cor. 1: 5. Eu costumo dizer que se este mundo fosse um mar de rosas, eu morreria afogado, pois eu mal sei nadar em águas e muito menos em rosas. Portanto, se a vida com Deus por aqui fosse sem sofrimento parece que não teria muito valor. O homem que não passou pelo Exército, na guerra na batalha será um tremendo fracasso, pois sem treinamento não existe um soldado e sim mais um derrotado. A Bíblia Sagrada nos ensina que na Eternidade nós seremos Reis e Sacerdotes, se você olhar para a história verá que todos os grandes Reis adquiriram coroas em suas cabeças cada um com uma espada na mão. Por exemplo: O Rei Davi de Israel, O Imperador de Roma, Júlio César, o grande Nabucodonosor de Babilônia e ai por diante.

 

P 05

Você já parou para imaginar que drogas de príncipes seremos nós se não chegarmos lá, no Reino de Deus, bem treinados. ...e nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai, a ele, glória e poder para todo o sempre. Amém! (Bíblia Sagrada) Ap. 1: 6. ...e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. (Bíblia Sagrada) Ap. 5: 10. Apesar de tudo, o que o ser humano na verdade não quer é sofrer, mesmo que isso seja por uma boa causa, o sofrimento é sempre dispensável. E ai como você tem visto o que não faltam são pessoas tentando ludibriar até mesmo à obra de Deus. Usando anúncios como venha para Jesus e pare de sofrer, faça a novena da caridade e fique rico em nove semanas, participe da campanha do empresário e fique milionário.

Pregando barbaridades como, se você é filho de Deus não pode ser pobre porque Deus é o dono mundo e os seus filhos têm que serem ricos, se você é filho de Deus não pode ficar doente porque Deus não gosta de gente doente e assim seguem as barbáries por ai. Pregando sempre tudo ”aquilo” que as pessoas na verdade querem ouvir e, fazem questão de acreditar mesmo que tudo isso seja mais um amontoado de mentiras absurdas, porém, acabam agradando multidões. Mas, se somos atribulados, é para o vosso conforto e salvação; se somos confortados, é também para o vosso conforto, o qual se torna eficaz, suportando vós com paciência os mesmos sofrimentos que nós também padecemos.

A nossa esperança a respeito de vós está firme, sabendo que, como sois participantes dos sofrimentos, assim o sereis da consolação. (Bíblia Sagrada) II Cor. 1: 6 – 7. E assim como acabamos de ler não há como escaparmos do sofrimento por aqui, pois se nós fugirmos do caminho do sofrimento fugiremos do caminho que nos leva á Deus o nosso Criador. É bom lembrar que isso não é para quem quer e sim para os que são escolhidos para a salvação, pois muitos são chamados, mas poucos são os escolhidos: Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos porque muitos são chamados, mas poucos são escolhidos. (Bíblia Sagrada) Mat. 20: 16. Porque muitos são chamados, mas poucos são escolhidos. (Bíblia Sagrada) Mat. 22: 14.

Nós não podemos nos esquecer que nem todos estão dispostos á sofrer pelo que nós conhecemos como: Salvação em Cristo Jesus, vida Eterna em fim, vida após a morte, são tudo coisas que não se pode ver e nem tocar, sentimentos que se alcança através de um fator conhecido como fé. E esse tipo de coisa geralmente não serve para as pessoas que vivem e andam sempre em busca de alguma coisa material, sempre em busca de alguma coisa para comer, para vestir, cura para o corpo físico e, a maioria vive nas portas dos templos evangélicos atraídos pela promessa do enriquecimento fácil.

Sempre, esquecendo-se da Palavra que nos ensina que, o Reino de Deus não é para este mundo. Não seja, pois, blasfemado o vosso bem; porque o Reino de Deus não é comida, nem bebida, mas justiça, paz, e alegria no Espírito Santo. (Bíblia Sagrada) Rom. 14: 16 – 17. Parece que à ideia de fugir do sofrimento apesar de fazer parte da vida do ser humano, no meio da verdadeira cristandade não tem alcançado muito sucesso. Pois há começar pelo Próprio Senhor Jesus, daí por diante toda a verdadeira Igreja não tem se preocupado com o sofrimento.

 

P 06

Parece que à medida que o verdadeiro cristão vai vivendo, vai aprendendo que o sofrimento deve verdadeiramente fazer parte da vida dele. Aliás, chega mesmo um ponto que se a vida do verdadeiro cristão não tiver nenhum sofrimento, passa á não fazer mais sentido espiritualmente falando. E aqui mais uma vez o grande Apóstolo Paulo reforça essa tese nos falando que, apesar das provações desta vida o verdadeiro cristão não considera sofrimento. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos sim, mas não desanimados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; trazendo sempre por toda parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também em nossos corpos. (Bíblia Sagrada) II Cor. 4: 8 – 10.

Um pouco antes ele, o Apóstolo Paulo perguntava aos judeus que viviam em Roma: Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, ou a espada? (Bíblia Sagrada) Rom. 8: 35. Na verdade o que nós temos aprendido com a vida é que não existe herói sem risco de vida, praticamente não existe herói vivo, aliás, tal fama geralmente custa uma vida. Porém, infelizmente enquanto os verdadeiros cristãos sofrem maus tratos o verdadeiro Evangelho de Cristo sofre alterações, deturpações, alguns fazem do Evangelho moeda de barganha, trocando o mesmo por qualquer banalidade. E como podemos ver á seguir, isso não é coisa nova, já vem desde a antiguidade. Os charlatães, os hereges, os mentirosos, os falsos mestres já se aproveitavam das desgraças de um dos maiores Missionários da terra para aplicar os seus golpes na humanidade carente e, muitas vezes desesperada. Sempre oferecendo um mundo de coisas, coisas essas que eles nunca tiveram para si mesmo e nem para dar á ninguém.

Os outros não anunciam Cristo com sinceridade, mas por interesse pessoal. Eles pensam que assim aumentarão os meus sofrimentos enquanto estou na prisão. (Bíblia Sagrada) Fil. 1: 17. Aqui temos a oportunidade de ver mais uma vez o grande Apóstolo Paulo reclamando dos falsos mestres, dos enganadores. Há seguir podemos ler que os sofrimentos que o grande homem de Deus se referia não era apenas uma dor de barriga qualquer, mas já havia uma lista de sofrimentos, á serem aplicadas na verdadeira cristandade. Antes, como ministros de Deus, tornando-nos recomendáveis em tudo: na muita paciência, nas aflições, nas necessidades, nas angústias, nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns, (Bíblia Sagrada) II Cor. 6: 4 – 5.

E estes sofrimentos comparados com o que havia lá naquele maldito coliseu quase que diariamente em clima de festas para agradar imperadores e súditos, parece mais refrigerante gelado em dia calor. Pois naquela maldita arena chamada coliseu, os verdadeiros cristãos enfrentaram barbáries que nem mesmo satanás teria coragem de parar para assistir. E tudo por uma razão muito simples, porque eles deixaram o mundo e o que nós consideramos como pecado e foram para Jesus, ou seja, aderiram á fé em Cristo Jesus. Regozijo-me, agora, no que padeço por vós e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja; da qual eu estou feito ministro segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, para cumprir a palavra de Deus: (Bíblia Sagrada) Col. 1: 24 – 25.

 

P 07

Na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, nós não podemos nos esquecer que o Apóstolo aqui, representa a verdadeira Igreja de Cristo ao longo da sua caminhada nestes (2000) dois mil anos. E é claro que se o Apóstolo Paulo cumpria na sua própria carne o resto dos sofrimentos de Cristo, isso nos faz entender que cada um de nós tem uma cota de sofrimento para cumprir, desde que façamos isso deliberadamente. Por amor á Cristo, à sua Palavra, à sua obra e, por amor ainda á uma humanidade perdida que precisa de Cristo para alcançar a vida Eterna. Assim, irmãos, em todas as nossas dificuldades e sofrimentos o que nos animou foi à fé que vocês têm.  (Bíblia Sagrada) I Tes. 3: 7. É por isso que nas igrejas de Deus falamos com orgulho sobre vocês. Nós temos orgulho de vocês por causa da paciência e da fé que vocês mostram no meio de todas as perseguições e sofrimentos. (Bíblia Sagrada) I Tes. 1: 4.

Na Igreja de Cristo, na Obra de Deus nós temos um velho problema, normalmente nós encontramos Bíblias Sagradas abertas no Salmo (91) noventa e um e, quando se pergunta por quê, ou para quê, as respostas são quase sempre as mesmas: O pastor falou que é bom manter a bíblia aberta no salmo 91. A irmãzinha lá do brejo falou que ter uma bíblia aberta no salmo 91 dá sorte, o irmão lá da toca da onça pregou que se tiver sempre uma bíblia aberta no salmo 91, à gente fica rico logo, logo. Só o que ninguém pregou ainda, foi que à Bíblia Sagrada foi escrita para que se tire logo à preguiça, deixe de ser vadio e leia, pesquise, estude e aprenda tudo o que for possível. Porque está escrito, conhecereis a verdade e ela vos libertará.   Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.  (Bíblia Sagrada) Joã. 8: 31 – 32.

Então a partir do momento que à humanidade entender que literatura é coisa para ler, talvez, começaremos á ter uma mentalidade diferente á respeito da Igreja de Cristo na terra. Quando eu falo aqui, da Igreja não estou falando de um templo de adoração, de um prédio, estou falando da cristandade, dos homens e mulheres que vivem e andam na presença de Deus com o mínimo de retidão e, juntos formam uma congregação caminhando em direção a Eternidade. Porque até então, as pessoas de um modo quase em geral não leem, não estudam, não aprendem, não sabem e normalmente odeiam os que sabem. Ai, nessas condições você á de convir que realmente, fica muito difícil entender alguma coisa sobre Deus e à sua Santa Palavra. Então com tanta falta de conhecimento, tudo o que você consegue ouvir são aquelas mensagens mais absurdas possíveis.

Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, caridade, paciência, perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio e em Listra; quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou. (Bíblia Sagrada) II Tim. 3: 10 – 11. Aqui, nós temos a oportunidade de ver o Apóstolo Paulo incentivando Timóteo, um filho na fé, Pastor de Igreja, aliás, um grande obreiro de Cristo e, como você acabou de ler, ele, Paulo usa os seus próprios sofrimentos como argumentos para incentivar o seu colega de ministério. Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas e mediante quem tudo existe, trazendo muitos filhos à glória, consagrasse, pelas aflições, o Príncipe da salvação deles. (Bíblia Sagrada) Heb. 2: 10.

 

P 08

E assim mais uma vez nós temos a oportunidade de ver o valor do sofrimento, pois o valor do Próprio Cristo parece se firmar no seu sofrimento. Ai eu pergunto, que valor teria ao chegar á Eternidade, um cristão desprovido de sofrimento. Por exemplo, alguém que aceitou à doutrina do, venha para Jesus e pare de sofrer. Lembrai-vos, porém, dos dias passados, em que, depois de serdes iluminados, suportastes grande combate de aflições. (Bíblia Sagrada) Heb. 10: 32. Lá começo as coisas eram mais ou menos assim, os nossos irmãos no primeiro dia aceitavam á Jesus como seu único e suficiente Salvador, no segundo dia eles já eram Missionários, já estava falando do amor de Deus e da Salvação em Cristo Jesus e, lá pelo terceiro dia eles já estavam dando às suas vidas como mártires por amor á Cristo, por amor ao Evangelho. Infelizmente é isso que as pessoas dos nossos dias não entendem, não aceitam e ai passam á viver de mentiras de enganos.

Meus irmãos, tomai por exemplo de aflição e paciência os profetas que falaram em nome do Senhor. (Bíblia Sagrada) Tia. 5: 10. Apesar de tudo o pessoal da Igreja primitiva já tinha algum conhecimento da história, já sabia que lá no passado os homens e mulheres de Deus haviam passado poucas e boas. Na verdade sempre foi assim, sempre que alguém tenta viver e andar na presença de Deus com o mínimo de retidão acaba sendo perseguido e muitas vezes martirizado. Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós, para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. (Bíblia Sagrada) I Ped. 4: 12 – 13. Que a partir de então Deus possa iluminar à sua mente e o seu coração para entender que os sofrimentos deste mundo fazem parte das nossas vidas.

 

 

Sem mais atenciosamente:

                                         

 

                                         Pr. Manoel Teixeira

     Associação Teológica Renascer

         Site: www.asotera.com / E-mail: comatec@ibest.com.br

                  Fone: (47) 3446-0031 / cel. 9985-7616. (TIM)


 

 

 




Mais Matérias
:: Copyright © ASOTERA 2007 ~ Todos os Direitos Reservados ::
:: Site Desenvolvido Por Elite Y ::