Ultimas Matérias Cadastradas
O poder da palavra.
06:29:17 31/12/2010
A morte e a vida estão no poder da língua, ou seja, da palavra; e aquele que a ama comerá do seu fruto, ou seja, responderá pelo o que falou, bem ou mal. (Bíblia Sagrada) Pro. 18: 21. ...


     O Poder da Palavra.

 

P 01

No poder da palavra poderá estar à vida e a morte em quaisquer circunstâncias, mesmo naquelas situações mais inusitadas, uma palavra mal ou bem falada pode definir a sua vida para o bem ou para o mal para sempre. Conheço pessoas que falam palavrões e, os amigos brincando dizem que ele ou ela tem o dom da palavra, só o que nem um e nem o outro sabe na verdade, é quanto vale ou o quanto custa muitas vezes um palavrão falado na hora e no lugar errado. — A morte e a vida estão no poder da língua, ou seja, da palavra; e aquele que a ama comerá do seu fruto, ou seja, responderá pelo o que falou, bem ou mal. (Bíblia Sagrada) Pro. 18: 21.

Os governantes de um passado não muito distante eram normalmente conhecidos pelo poder da palavra que saia de suas bocas. Se você olhar para a história da humanidade, verá escravos chegando à presença de seus senhores de joelhos. Isso porque no agradar ou não à sua presença poderia ele ou ela arrancar da boca de seu senhor uma palavra que lhe custaria à vida ou a morte. Não há muito tempo atrás, nós tivemos a oportunidade de ouvir no Brasil a frase célebre que marcaria a nossa história para sempre: Se, é para o bem de todos e, para a felicidade geral da Nação; diga ao povo que eu fico. “Don Pedro I”.

Como você acabou de ver, a soberania do povo brasileiro e, o destino do maior paraíso da Terra, o Brasil, estava na dependência de uma tão singela palavra, “FICO”. Pela terra até agora passaram pelo menos seis governos mundiais; Egito, Assíria, Babilônia, o Império Medo-Pérsia, a Grécia e Roma e, entre esses, o que mais brilhou na verdade foi o Império Babilônico. E quando nós falamos em Babilônia logo nos vem à cabeça uma figura muito conhecida, Nabucodonosor o homem que governou o mundo de sua época com mãos de ferro. Nós bem sabemos que homens como o Imperador Nabucodonosor de Babilônia, o Rei Ciro da Pérsia, Júlio Cezar de Roma entre muitos outros, foram bravos soldados de batalha até receberem em suas cabeças cada um a sua coroa.

Porém uma vez coroados e estabelecidos como Imperadores mundiais em sua época, a partir de então suas armas passaram a ser única e exclusivamente a sua voz, a sua palavra e, esta agora com muito mais poder, na palavra de um homem desses poderia estar à vida e à morte de quem dela dependesse. — Mas o exército dos caldeus seguiu o rei, e alcançaram Zedequias nas campinas de Jericó, e todo o seu exército se espalhou, abandonando-o. E o rei de Babilônia degolou os filhos de Zedequias à sua vista e também degolou a todos os príncipes de Judá, em Ribla. E arrancou os olhos a Zedequias e o atou com duas cadeias de bronze; e o rei de Babilônia o levou para a Babilônia e o conservou na prisão até o dia da sua morte. (Bíblia Sagrada) Jer. 52: 8 – 11. Parece assustador, porém na verdade na época isso era assim mesmo, como você acabou de ler o Imperador

 

P 02

Nabucodonosor já não usava na mão uma espada e nem um canhão, usava apenas uma arma muito mais poderosa, a palavra, matem aqueles e arranquem os olhos deste e assim se fazia. Por isso meu caro leitor(a), permita-lhe fazer uma simples pergunta, você conhece o valor da palavra que sai da sua boca? Já passou pela sua cabeça que com uma simples palavra você pode conquistar alguém para toda a sua vida e, com outra palavra você pode magoar alguém para toda a sua vida? Pois aqui temos a oportunidade de ver o quanto pode valer uma simples palavra. — O irmão ofendido é mais difícil de conquistar do que uma cidade forte; e as contendas são como ferrolhos de um palácio. (Bíblia Sagrada) Pro. 18: 19.

Como você pôde ver, por mais humilde que você possa parecer, na sua palavra ainda há poder suficiente para proporcionar a vida ou a morte. — O Rei Nabucodonosor fez uma estátua de ouro, cuja altura era de sessenta côvados, e a sua largura, de seis côvados; levantou-a no campo de Dura, na província de Babilônia. E o rei Nabucodonosor mandou ajuntar os sátrapas, os prefeitos, os presidentes, os juízes, os tesoureiros, os conselheiros, os oficiais e todos os governadores das províncias, para que viessem à consagração da estátua que o rei Nabucodonosor tinha levantado.

Então, se ajuntaram os sátrapas, os prefeitos, os presidentes, os juízes, os tesoureiros, os conselheiros, os oficiais e todos os governadores das províncias, para a consagração da estátua que o rei Nabucodonosor tinha levantado, e estavam em pé diante da imagem que Nabucodonosor tinha levantado.  (Bíblia Sagrada) Dan. 3: 1 – 3. Por incrível que possa parecer à tendência humana é sempre para o pior, acabamos de ver que um homem com todo aquele poder tinha tudo para ser feliz e para deixar que a sua nação também fosse feliz sem precisar exibir nenhuma de suas palhaçadas.

Esse homem foi o verdadeiro dono do Império que mais brilhou no mundo da época. Os muros da cidade de Babilônia mediam entre (60) e (90) sessenta a noventa metros de altura e, mediam em torno de (25) vinte e cinco metros de largura, formando assim em cima dos mesmos uma pista de rolamento, uma estrada de onde os guardas andando em suas carruagens garantiam assim a segurança da cidade. O templo de bel, o templo em que o Imperador assistia aos cultos ao seu deus “bel” media do chão ao teto (200) duzentos metros de altura, sem contar os jardins suspensos, que era uma das sete maravilhas do mundo antigo.

E por incrível que possa parecer, com todo aquele poderio, com toda aquela riqueza o homem ainda não se dava por satisfeito, ainda precisava abrir a boca e exibir o poder da sua “palavra”. Construindo uma estátua de ouro medindo aproximadamente vinte e sete metros de altura, com dois metros e setenta centímetros de largura e, exibindo-a num campo aberto onde todos os seus súditos pudessem, reverenciá-la, prestando assim homenagens ao Imperador. — E o arauto apregoava em alta voz: Ordena-se a vós, ó povos, nações e gente de todas as línguas: Quando ouvirdes o som da buzina, do pífaro, da harpa, da sambuca, do saltério, da gaita de foles e de toda sorte de música, vos prostrareis e adorareis a imagem de ouro que o rei

 

P 03

Nabucodonosor tem levantado. E qualquer que se não prostrar e não a adorar será na mesma hora lançado dentro do forno de fogo ardente. (Bíblia Sagrada) Dan. 3: 4 – 6. Aqui nós temos a oportunidade de ver um arauto, um homem de comunicação exibindo a sua voz, porém a voz era do arauto, mas a palavra era do Imperador e, a ordem era de vida ou de morte, para a obediência ou desobediência. Mas como você verá logo em seguida, nem só na palavra dos grandes homens havia poder e, é por isso que um pouco antes eu perguntei se você conhece o poder da sua palavra. — Há uns homens judeus, que tu constituíste sobre os negócios da província de Babilônia: Sadraque, Mesaque e Abede-Nego; esses homens, ó rei, não fizeram caso de ti; a teus deuses não servem, nem a estátua de ouro, perante o rei. Falou Nabucodonosor e lhes perguntou: É de propósito, ó Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, que vós não servis aos meus deuses nem adorais a estátua de ouro que levantei? Agora, pois, se estais prontos, quando ouvirdes o som da buzina, do pífaro, da cítara, da harpa, do saltério, da gaita de foles e de toda sorte de música, para vos prostrardes e adorardes a estátua que fiz, bom é; mas, se a não adorardes, sereis lançados, na mesma hora, dentro do forno de fogo ardente; e quem é o Deus que vos poderá livrar das minhas mãos? Responderam Sadraque, Mesaque e Abede-Nego e disseram ao rei Nabucodonosor: Não necessitamos de te responder sobre este negócio. (Bíblia Sagrada) Dan. 3: 12 – 16.

Já aqui duas frases me chamaram a atenção; “e quem é o Deus que vos poderá livrar das minhas mãos”? E em seguida a resposta dos condenados em questão: “Não necessitamos de te responder sobre este negócio”. Mais um pouco e veremos a palavra que acabou prevalecendo, porém continuaremos vendo o poder da palavra. — E, “porque a palavra do rei apertava”, e o forno estava sobremaneira quente, a chama do fogo matou aqueles homens que levantaram a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. E estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, caíram atados dentro do forno de fogo ardente.

Então, o rei Nabucodonosor se espantou e se levantou depressa; e perguntou aos seus capitães: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. Respondeu e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante ao filho dos deuses. (Bíblia Sagrada) Dan. 3: 22 – 25.

Já podemos ver que o poder da palavra continua com o mesmo efeito, porém mudou de lado, a palavra que antes saia de quem julgava e condenava agora sai daqueles que foram julgados e condenados, porém com o mesmo valor. Ainda uma frase que me chama muito a atenção, “porque a palavra do rei apertava”, é o que estou tentando dizer, o poder da palavra, nele no poder da palavra, pode estar à vida ou à morte. O Dr. Daniel P. Casas, advogado, teólogo, pastor evangélico costuma dizer o seguinte:

 

P 04

O problema ou a solução não está na palavra falada e, sim na forma como ela foi ou é falada. Mas me deixe perguntar-lhe mais uma vez e, você já sabe o poder que tem a palavra que sai da sua boca? — Assim também a língua é um pequeno membro e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia. A língua também é um fogo; como mundo de iniquidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. (Bíblia Sagrada) Tia. 3: 5 – 6. Se observarmos com atenção, baseando-nos nas Sagradas Escrituras, veremos que somos de uma importância muito maior do possamos imaginar.

Pois no nosso falar há poder, no nosso agir há poder, não há muito tempo atrás eu tive a oportunidade de ouvir um cientista político dizer o seguinte; os Norte-Americanos dominam o mundo, porém têm um medo danado de “povo” têm medo do que você e eu juntos podemos fazer apenas gritando palavras de ordem. Como nós já bem sabemos no Antigo Testamento, o Senhor nosso Deus tinha para com o seu povo um sinal de obediência, o que consistia na guarda do sábado. Para o Novo Testamento, o Senhor Jesus o Cristo nos instituiu uma ordem de sinais que consiste no seguinte:

— E disse-lhes: Ide por todo o mundo e, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão. (Bíblia Sagrada) Mar. 16: 15 – 18. Você já ouviu muito falar em pessoas que têm dons especiais, eu na verdade prefiro ficar com as Sagradas Escrituras, muito especialmente com a mensagem que acabamos de ler.

Como você acabou de ler estes sinais seguirão aos que crerem e, isso diz respeito a você, pois a partir do momento que você crer em Jesus o Cristo e aceitá-lo como único e suficiente Salvador da sua alma, você começa a usufruir desses poderes, na imposição da sua mão, na palavra que sair da sua boca, no cântico de louvor a Deus e ai por diante. Quem garante isso? Aquele Deus que você tanto ouviu falar n,Ele, porém ainda não o conhece: — E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma bênção.

E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. (Bíblia Sagrada) Gên. 12: 2 – 3.  Abençoarei aos que te abençoarem e, amaldiçoarei aos que te amaldiçoarem. Deu para entender o, porque do poder que poderá haver ou não na sua palavra? O Senhor Jesus disse o seguinte: — Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. (Bíblia Sagrada) Joã. 15: 7. Lá no passado, em Israel, nós tivemos um Profeta, um homem de Deus que, em cujas palavras havia, poder, tratava-se do Profeta Eliseu: — Então, subiu dali a Betel; e, subindo ele pelo caminho, uns rapazes pequenos saíram da cidade, e zombavam dele e, diziam-lhe: Sobe calvo, sobe calvo!

 

P 05

E, virando-se ele para trás, os viu e os amaldiçoou no nome do SENHOR; então, duas ursas saíram do bosque e despedaçaram quarenta e dois daqueles pequenos. (Bíblia Sagrada) II Rei. 2: 23 – 24. Olhando nós para um episódio desses, parece que ele não nos inspira verdade não é mesmo. Porém temos o desprazer de vermos tantos tentando ludibriar as pessoas com coisas tão mesquinhas, que a gente não sabe se sente deles pena ou nojo. Verdade é que na sua palavra há poder sim como você acabou de ver, porém depende muito de em nome de quem você faz menção da palavra. — E estes sinais seguirão aos que crerem: “em meu nome”, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão. (Bíblia Sagrada) Mar. 16: 17 – 18.

Repetindo essa mensagem, só para vos lembrar o quanto pode haver de poder na sua palavra e, de onde vem o poder que há na sua palavra. Eu ainda gostaria de, lembrá-lo que esse poder que pode haver na sua palavra, não é limitado a “A, ou a B”, o poder que há na sua palavra, ou na palavra de quem quer que seja, é individual, você mentindo ao magistrado pode condenar um inocente à morte e, falando à verdade pode dar-lhe a liberdade que ele tanto precisa e merece. Assim funciona em relação a Deus, se você tiver uma vida santificada em Deus, na sua palavra pode haver poder para que em nome de Jesus você, possa curar os enfermos, libertar os oprimidos, ajudar aos necessitados, curar cancerosos, leprosos e até mesmo ressuscitar mortos, porque não?

— E, tendo dito isso, clamou com grande voz: Lázaro venha para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto, envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o e deixai-o ir. (Bíblia Sagrada) Joã. 11: 43 – 44. Logo em seguida, você já verá que todo esse poder que tanto assusta as pessoas agora é também dado a você, pois aquele negócio de que eu oro a Deus e Jesus é quem cura é nada mais nada menos que apenas mais um grande erro e aqui está a prova: — Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também “fará as obras que eu faço” e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai. (Bíblia Sagrada) Joã. 14: 12.  Você já ouviu muito aquela mensagem fria, sem nenhum valor, cheia de emoção e sem nenhuma unção, cheia de eloquência e sem nenhum conhecimento que diz, nós somos apenas pó e cinzas.

Na verdade o que me deixa triste muitas vezes, é que normalmente enquanto alguém prega barbaridades como essa, muitos, dão glória a deus com letra minúscula, é claro; pois você e eu somos nada mais nada menos que a imagem e a semelhança do nosso próprio Criador. Por isso lembre-se, na sua palavra há muito poder sim. — E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos Céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra. (Bíblia Sagrada) Gên. 1: 26. E agora meu caro leitor(a), esse valor você pode conferir nas frases seguintes, vendo o seu valor para o bem ou até mesmo para o mal.

 

P 06

— E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. (Bíblia Sagrada) Joã. 14: 13.  Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda. (Bíblia Sagrada) Joã. 15: 16. Na sua palavra há poder, para abençoar ou para amaldiçoar, lembre-se, lá atrás nós lemos, aquele que vive e crê em mim, também fará as obras que eu faço e, agora veremos o Senhor Jesus amaldiçoando uma árvore. — E Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Mestre, eis que a figueira que tu amaldiçoaste se secou. (Bíblia Sagrada) Mar. 11: 21.

E a árvore secando, lembre-se esse poder agora está com você. — Ele, vendo Pedro e João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. E olhou para eles, esperando receber alguma coisa. E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. (Bíblia Sagrada) Ato. 3: 3 – 6. Parece que aqui começamos a ver o valor da palavra mudando de lado, o poder da palavra que era dos grandes líderes agora passa a fazer parte da vida das pessoas comuns.

O que na verdade eu diria nem tão comuns, pois homens e mulheres que decidem deixar o mundo e o pecado e, começar uma caminhada na direção de Deus não são tão comuns assim. O nosso maior problema, é que o mundão velho está cheio de gente querendo fazer da obra de Deus um grande negócio e, isso não é de hoje, pois há dois mil anos atrás já tínhamos espertalhões querendo fazer da obra de Deus um grande comércio. — Então, lhes impuseram as mãos, e receberam o Espírito Santo. E Simão, vendo que pela imposição das mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, lhes ofereceu dinheiro, dizendo: Dai-me também a mim esse poder, para que aquele sobre quem eu puser as mãos receba o Espírito Santo.

Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro. (Bíblia Sagrada) Ato. 8: 17 – 20. Como você acabou de ver, nem aqui os trambiqueiros não dão trégua, por outro lado tivemos a oportunidade de ver que este lugar é especial ele é só para você que também é especial. Você que é filho ou filha de Deus, é lavado(a) e remido(a) no sangue de Jesus e, se ainda não fez essa escolha mas poderá fazê-la o mais breve possível, lembre-se este lugar onde a palavra tem poder é, ou poderá ser inteiramente seu. — E aconteceu, naqueles dias, que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, á depositaram num quarto alto.

E, como Lida era perto de Jope, ouvindo os discípulos que Pedro estava ali, lhe mandaram dois varões, rogando-lhe que não se demorasse em vir ter com eles. E, levantando-se Pedro, foi com eles. Quando chegou, o levaram ao quarto alto, e todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando as túnicas e vestes que Dorcas fizera quando estava com elas. Mas Pedro, fazendo-as sair a todas, pôs-se de joelhos e orou; e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos e, vendo a Pedro, assentou-se.

 

P 07

E ele, dando-lhe a mão, a levantou e, chamando os santos e as viúvas, apresentou-a viva. (Bíblia Sagrada) Ato. 9: 37 – 41. Ai você me diria, mas esse tal de Pedro é aquele santo todo especial da história, e eu diria o seguinte, a sim esse tal Pedro é realmente todo especial, pois ele é aquele que na noite em que o Senhor Jesus foi preso para ser crucificado, o Pedro o negou pelo menos umas três vezes, ou seja, era tão pecador quanto você e eu.  — E, havendo-se acendido fogo no meio do pátio, estando todos sentados, assentou-se Pedro entre eles. E como certa criada, vendo-o estar assentado ao fogo, pusesse os olhos nele, disse: Este também estava com ele.

Porém ele negou-o, dizendo: Mulher, não o conheço. E, um pouco depois, vendo-o outro, disse: Tu és também deles. Mas Pedro disse: Homem, não sou. E, passada quase uma hora, um outro afirmava, dizendo: Também este verdadeiramente estava com ele, pois também é galileu. E Pedro disse: Homem, não sei o que dizes. E logo, estando ele ainda a falar, cantou o galo. E, virando-se o Senhor, olhou para Pedro, e Pedro lembrou-se da palavra do Senhor, como lhe tinha dito: Antes que o galo cante hoje, me negarás três vezes. (Bíblia Sagrada) Luc. 22: 55 – 61.

Meu caro leitor(a) você nunca negou o nome de Jesus? Bem se negou ou não, não faz diferença, de qualquer forma você também é um forte candidato a operar maravilhas no nome de Jesus, pois como você acabou de ver de onde você vem não importa, importa sim para onde você vai. — Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego. Porque nele se descobre à justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé. (Bíblia Sagrada) Rom. 1: 16 – 17.

Amigo leitor(a) eu espero que essas humildes linhas tenham chamado a sua atenção para algo da maior importância, a sua palavra, falada ou escrita ela pode matar ou dar a vida, lembre-se disso. Nós na Associação Teológica Renascer, não queremos mudar o mundo e nem pregar um evangelho novo, mas queremos pregar a palavra de Deus como ela realmente é, custe o que custar estaremos aqui sempre à sua disposição.

 

 

Sem mais atenciosamente:

 

                                           

                                                Pr. Manoel Teixeira

          Associação Teológica Renascer

                 Site: www.asotera.com / E-mail: contato@asotera.com

                         Fones: (47) 3446-0031 Cel.: 9985-7616. (TIM)


 




Mais Matérias
:: Copyright © ASOTERA 2007 ~ Todos os Direitos Reservados ::
:: Site Desenvolvido Por Elite Y ::